Restauração de backups

O procedimento de restore pode ser feito de várias maneiras:

  1. A partir dos backups remotos de um nodo.
  2. A partir do backup local de um nodo.
  3. A partir do backup gerado de um site em funcionamento.

O ciclo completo pode ser dividido em três partes:

  1. Geração do backup.
  2. Transferência do backup.
  3. Restauração do backup.

A geração e transferência de backups já estão bem sólidas por conta do puppet-backup. Tratemos da parte manual dos procedimentos usando a Hydra Suite.

Restauro a quente

O restauro a quente ocorre quando:

  • O serviço de origem se encontra online OU
  • Queremos restaurar uma versão anterior do serviço no mesmo servidor em que ele se encontra OU
  • Quando temos condições de realizar um backup logo antes do serviço sair do ar e migrá-lo para um nodo de destino.

Para fazer o backup do site em /var/site/backups/site/$sitio:

hydractl backup-site $sitio

Para fazer o backup de vários sites:

hydractl backup-sites $sitio $sitio1 $sitio2
hydractl backup-sites # faz backup de todos os sites

O backup-sites faz inclusive o backup do svn.$dominio e do git.$dominio, o que nestes casos significa a cópia dos repositórios:

hydract backup-site svn
hydract backup-site git

Para copiar o backup para $servidor:/var/site/backups/site/$sitio:

hydractl backup-copy-site  $servidor $sitio
hydractl backup-copy-sites $servidor $sitio $sitio1 $sitio2
hydractl backup-copy-sites $servidor # copia todos os sitios

Para restaurar o backup copiado a partir do $servidor:

hydractl backup-restore-site backups $servidor $sitio

Tal restauro de backups necessita que o site já esteja definido no nodo através das configurações do puppet.

Restauro a frio

O restauro a frio ocorre quando o serviço está offline, em geral quando há algum problema no nodo onde ele estava rodando.

Primeiramente, pode ser que queiramos copiar o backup armazenado num servidor remoto para o local onde fazermos o restauro do serviço. O ideal é que isso já seja feito automaticamente pelo sistema de backups, mas no caso de servidores novos isso ainda não teve a oportunidade de acontecer.

Para isso, usamos o seguinte comando no nodo onde o backup se encontra:

hydractl backup-copy ORIG DEST # transfere /var/backups/remote/ORIG.$domain para DEST

No nodo de destino, primeiro restauraremos backups cifrados de /var/backups/remote/ORIG.$domain/{rsync,rdiff} para /var/backups/remote/ORIG.$domain/restore:

hydractl backup-restore ORIG

Em seguida, procedemos com o restauro de aplicações.

Restauro a frio do nodo de email

hydractl backup-restore-mail      ORIG
hydractl backup-restore-database  ORIG postfix
hydractl backup-restore-sympa     ORIG
hydractl backup-restore-schleuder ORIG
hydractl backup-restore-firma     ORIG

for service in apache2 sympa dovecot postfix postgrey; do
  /etc/init.d/$service restart
done

hydractl backup-restore-site ORIG postfixadmin
chown root.www-data /var/sites/postfixadmin/site/config.inc.php

hydractl backup-restore-database ORIG roundcube
dpkg-reconfigure roundcube-core

Restauro a frio de um nodo web

hydractl backup-restore-svn ORIG